Aqueles que possuem filhos pequenos talvez já tenham ouvido a frase "papai bobinho". Pertence à Peppa, a porquinha de um desenho animado destinado ao público infantil. Já assisti com minhas filhas (faz sucesso entre os pequenos). Peppa, a personagem principal, vive chamando seu pai de "papai bobinho".

Em meio a poucas polemicas sobre a forma como Peppa trata o próprio pai, alguns suavizam o fato, defendendo que se trata apenas de um componente cultural britânico, pois no Reino Unido é comum dizer aos amigos e até aos pais “Silly you!” sem que isso seja entendido como um desrespeito.

Em um dos poucos episódios que vi, os personagens passaram o desenho inteiro procurando os óculos do Papai Pig. Quando encontraram, ele mesmo estava sentado em cima deles. Em outro, Peppa faz graça com o barrigão do papai mesmo o pai dizendo que não gosta que falem de sua barriga, mas a brincadeira continua, com a mamãe também dando risada. Ao contrário dos defensores, a mim pareceu desrespeitoso. Os produtores não criaram um "papai bobinho", mas um “papai bobão”.

Versículos para hoje

"E digo isto a vós outros que conheceis o tempo: já é hora de vos despertardes do sono..."

Romanos 13:11